Aberta a chamada de trabalhos para o PGCon Brasil 2009

Sim senhores, agora é oficial e a corrida para o evento começou para valer. Esté aberta até 30/06/2009 a chamada de trabalhos para o PGCon Brasil 2009. Na nossa 3ª edição do evento, temos mais novidades nesta área: serão 4 modalidades diferentes (palestra, palestra avançada, tutorial e hacker talk). Se a chamada de trabalhos for um sucesso absoluto e tudo der certo, vamos passar pelo dilema terrível de ter que escolher os melhores trabalhos.

Aí as novidades continuam. O método de escolha foi muito debatido na comunidade. Haviam duas propostas em pauta:

  • Votação direta pelos membros da comunidade (ou inscritos nas listas). A votação garante que o evento vá de encontro com os interesses dos participantes o que é fundamental para a satisfação dos participantes.
  • O uso de uma banca avaliadora composta por 3 pessoas respeitadas da comunidade. Em 2007 foram os Srs. Diogo Biazus e Euler Taveira. Em 2008 foram os Srs. Leonardo César, Dickson Guedes e eu. Em 2008 se chegou ao consenso de que uma comissão com número ímpar seria interessante para não haver empates e que deveriamos alternar as pessoas envolvidas nesta banca. Para 2009 escolhemos os Srs. Luis Fernando Bueno, Leandro Dutra e Fernando Ike. A vantagem de usar uma comissão é a simplicidade e agilidade do processo e a capacidade de balancear temas e garantir a qualidade, uma vez que são pessoas que conhecem bastante de PostgreSQL no Brasil. Uma coisa interessante da comissão é a possibilidade de trazer temas novos, evitando que as mesmas palestras se repitam todos os anos.

Na dúvida ficamos com os dois. Haverá uma votação on-line entre os membros da lista PGBR-Geral. Esta votação irá apontar para as palestras mais populares e os temas mais solicitados e então uma comissão avaliadora composta de 3 pessoas fará uma seleção final.

Mas ainda temos cartas na manga: se houver um número muito grande de propostas, abriremos uma exposição de painéis (cartazes explicativos que são pendurados nos corredores do saguão com a presença de seus autores), como é comum se fazer em eventos acadêmicos. Desta forma, poderemos contemplar a participação de mais pessoas. Mas esperem, o melhor fica para o final! Vamos repetir o clima animado no final do evento de 2008: os Lightning Talks vão voltar! Na última semana antes do evento estaremos abrindo as incrições (que vão até o final do primeiro dia do evento) para as apresentações relâmpago, com duração máxima de 5 minutos cada.

Então senhores, se você já está trabalhando há algum tempo com PostgreSQL, envie sua proposta. Se você tem várias ideias, mande várias propostas. Escolha o formato mais adequado e mande para nós. Há inúmeros temas que você pode abordar. Este ano teremos mais espaço, 2 auditórios e uma sala VIP, então vale a pena compartilhar conosco um pouco da sua experiência. Você não precisa ser um gênio, basta apenas ter testado alguma coisa interessante e chegado a alguma conclusão no caminho. Muita gente acha que não tem nada de interessante para falar… eu digo que ao acompanhar a lista, tem um montão de gente respondendo e-mails que eu adoraria ver subir no palco e dividir um pouco mais do que sabe conosco. Vejo um zilhão de dúvidas que se repetem e dúvidas que mereciam um tutorial inteiro para explicar melhor como fazer.

Se você está realmente sem idéias, eu vou dar algumas (tem muuuuito mais, claro!) sugestões:

  • Técnicas para carga de grande volume de dados e ETL;
  • Desempenho, segurança e uso de Discos e Sistemas de Arquivos;
  • Testes com novos sistemas de arquivos como EXT4, ZFS, quem sabe BTRFS…
  • GUCs e dicas de configurações de parâmetros;
  • Segurança de aplicações usando PostgreSQL: técnicas para autenticar usuários e evitar SQL Injection;
  • Uso de Full Text Search;
  • PostGIS;
  • Uso de PostgreSQL em aplicações de suporte a decisão (BI);
  • Técnicas de Backup físico e lógico, ou melhor: técnicas de restauração!
  • Como encontrar SQLs lentos e reescrevê-los;
  • Como monitorar o uso de recursos com as novas funções, visões, opções de log e ferramentas do PostgreSQL;
  • Como criar índices realmente úteis e remover índices inúteis;
  • Utilizando técnicas de replicação multimaster assíncronas;
  • Comparação de diferentes técnicas de replicação: onde eu uso o que?
  • Tudo que você queria saber sobre internacionalização e localização e tinha vergonha de perguntar;
  • Refatoração de banco de dados sem perder a cabeça ou o emprego!
  • Migração para PostgreSQL (a partir de Oracle, MySQL, DB2, SQL Server, o que for);
  • Versionamento de banco de dados: gerenciando a mudança com responsabilidade!
  • Técnicas de auditoria e monitoramento de usuários;
  • Desempenho com responsabilidade: descubra o ponto G do PG…
  • Casos de sucesso, sim, queremos saber quem está usando o PostgreSQL por aí!
  • Casos de insucesso e dicas para evitar entrar em grandes roubadas. Tambem poderia ser: “Eu não disse que esse negócio de banco de dados livre não prestava…” (fala sério, alguém tem que fazer esta um dia)
  • Conhecendo um pouco do código fonte do PostgreSQL e funções SPI;
  • Ferramentas para modelagem e documentação de DDL para PostgreSQL (tem alguém me devendo essa)
  • 10 Coisas que ainda não funcionam bem no PostgreSQL,mas que estão em vias de se resolver (ou não) e como contornar estes problemas;
  • Os desafios em ambientes transacionais pesados e com grande volumes de dados;
  • PostgreSQL em aplicações científicas. Em 2008 aprovamos uma palestra de banco de dados para dados biológicos que cancelou na última hora, uma pena.
  • Modelagem utilizando tipos, vetores, domínios, funções de agragação e outros bichos;
  • Consultas recursivas com Common Table Expressions;
  • Cálculos complexos com Windowing Functions;
  • Stand By rápido e rasteiro.
  • A caixa de ferramentas do DBA: consultas e formas de se trabalhar para tornar a vida do DBA mais simples e produtiva;
  • Os 12 pecados do desenvolvedor que começa a utilizar o PostgreSQL pela primeira vez;
  • PostgreSQL para adminstradores de sistema: montando um servidor seguro, rápido e fácil de administrar;

Bom, estas são apenas algumas sugestões, existem várias outras que não pensei agora. Sugestões? De qualquer forma, estamos muito querendo ver novas caras do PGCon Brasil este ano, agora é só escrever e mandar.

1 comentário

  1. Pingback: desconstruindo.eng.br » Blog Archive » Dada a largada para a PostgreSQL Conference Brasil 2009

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *